3. Adware e Spyware

Para navegar com segurança ou até mesmo ter uma hospedagem de site mais segura, instale um anti-vírus bom, o Avira é um dos melhores antí-vírus gratuitos que tem na atualidade. Clique aqui para baixar o Avira.

Adware (Advertising software) é um tipo de software especificamente projetado para apresentar propagandas, seja através de um browser, seja através de algum outro programa instalado em um computador.

Em muitos casos, os adwares têm sido incorporados a softwares e serviços, constituindo uma forma legítima de patrocínio ou retorno financeiro para aqueles que desenvolvem software livre ou prestam serviços gratuitos. Um exemplo do uso legítimo de adwares pode ser observado no programa de troca instantânea de mensagens MSN Messenger.

Spyware, por sua vez, é o termo utilizado para se referir a uma grande categoria de software que tem o objetivo de monitorar atividades de um sistema e enviar as informações coletadas para terceiros.

Existem adwares que também são considerados um tipo de spyware, pois são projetados para monitorar os hábitos do usuário durante a navegação na Internet, direcionando as propagandas que serão apresentadas.

Os spywares, assim como os adwares, podem ser utilizados de forma legítima, mas, na maioria das vezes, são utilizados de forma dissimulada, não autorizada e maliciosa.

Seguem algumas funcionalidades implementadas em spywares, que podem ter relação com o uso legítimo ou malicioso:

monitoramento de URLs acessadas enquanto o usuário navega na Internet;
alteração da página inicial apresentada no browser do usuário;
varredura dos arquivos armazenados no disco rígido do computador;
monitoramento e captura de informações inseridas em outros programas, como IRC ou processadores de texto;
instalação de outros programas spyware;
monitoramento de teclas digitadas pelo usuário ou regiões da tela próximas ao clique do mouse (vide seção 5);
captura de senhas bancárias e números de cartões de crédito;
captura de outras senhas usadas em sites de comércio eletrônico.
É importante ter em mente que estes programas, na maioria das vezes, comprometem a privacidade do usuário e, pior, a segurança do computador do usuário, dependendo das ações realizadas pelo spyware no computador e de quais informações são monitoradas e enviadas para terceiros.

A seção 3.1 apresenta alguns exemplos de spywares usados de modo legítimo e de spywares maliciosos.

3.1. Que exemplos podem ser citados sobre programas spyware?
Alguns exemplos de utilização de programas spyware de modo legítimo são:

uma empresa pode utilizar programas spyware para monitorar os hábitos de seus funcionários, desde que tal monitoramento esteja previsto em contrato ou nos termos de uso dos recursos computacionais da empresa;
um usuário pode instalar um programa spyware para verificar se outras pessoas estão utilizando o seu computador de modo abusivo ou não autorizado.
Na maioria das vezes, programas spyware são utilizados de forma dissimulada e/ou maliciosa. Seguem alguns exemplos:

existem programas cavalo de tróia que instalam um spyware, além de um keylogger ou screenlogger. O spyware instalado monitora todos os acessos a sites enquanto o usuário navega na Internet. Sempre que o usuário acessa determinados sites de bancos ou de comércio eletrônico, o keylogger ou screenlogger é ativado para a captura de senhas bancárias ou números de cartões de crédito;
alguns adwares incluem componentes spyware para monitorar o acesso a páginas Web durante a navegação na Internet e, então, direcionar as propagandas que serão apresentadas para o usuário. Muitas vezes, a licença de instalação do adware não diz claramente ou omite que tal monitoramento será feito e quais informações serão enviadas para o autor do adware, caracterizando assim o uso dissimulado ou não autorizado de um componente spyware.
A seção 3.2 apresenta algumas formas de se prevenir a instalação de programas spyware em um computador.

3.2. É possível proteger um computador de programas spyware?
Existem ferramentas específicas, conhecidas como "anti-spyware", capazes de detectar e remover uma grande quantidade de programas spyware. Algumas destas ferramentas são gratuitas para uso pessoal e podem ser obtidas pela Internet (antes de obter um programa anti-spyware pela Internet, verifique sua procedência e certifique-se que o fabricante é confiável).

Além da utilização de uma ferramenta anti-spyware, as medidas preventivas contra a infecção por vírus (vide seção 1.7) são fortemente recomendadas.

Uma outra medida preventiva é utilizar um firewall pessoal4, pois alguns firewalls podem bloquear o recebimento de programas spyware. Além disso, se bem configurado, o firewall pode bloquear o envio de informações coletadas por estes programas para terceiros, de forma a amenizar o impacto da possível instalação de um programa spyware em um computador.